fbpx

Quais materiais posso usar na máquina de corte a laser?

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Quais materiais posso usar na máquina de corte a laser?

Apesar de toda a fama da impressora 3D, as verdadeiras estrelas dos makerspaces e fablabs são as máquinas de corte a laser. Muita gente nos pergunta quais materiais podem ser cortados e gravados, qual a área útil de corte e a espessura máxima permitida para cada material. Por isso, preparamos um guia com tudo o que você precisa saber sobre o processo de corte a laser para aproveitar ao máximo o potencial das nossas máquinas em seus projetos.

Como é feito o corte a laser

As máquinas de corte a laser do FAZ trabalham com a emissão de um feixe de laser gerado a partir da aplicação de pulsos de altíssima voltagem em uma mistura gasosa à base de CO2, que faz o corte por meio de combustão, derretimento ou sublimação. Cada material reage de forma diferente, o que afeta a qualidade das bordas e até a largura do corte propriamente dito.

O corte no MDF, por exemplo, acontece por combustão, gerando bordas escurecidas, mas com uma perda relativamente pequena de material. Já o acrílico passa por um processo mais complexo de sublimação, onde o material evapora imediatamente e queima já em estado gasoso. O corte fica mais limpo (sem nenhum sinal de fuligem), mas com uma perda levemente maior das medidas. Outro materiais como o polipropileno passam por um processo de queima e derretimento que deixa as bordas mais grosseiras, demandando um trabalho de acabamento mais fino posteriormente .

E o que não pode ser cortado a laser?

Tão importante quanto saber quais materiais podem ser cortados, é saber quais materiais NÃO podem ser cortados. Isso inclui materiais que produzem gases tóxicos, corrosivos ou oferecem risco de incêndio. Materiais à base de cloro como o vinil e o PVC não podem ser cortados porque produzem um vapor de gás clorídrico, altamente irritante e corrosivo. Diversos tipos de espuma pegam fogo com facilidade e também não podem ser cortadas a laser.

Outra exceção são os materiais que não cortam porque são imunes ao laser. O laser de CO2 não consegue cortar metais, por exemplo –  é possível marcar levemente para escrever sobre a peça, mas isso exige uma preparação especial. Outros materiais como o policarbonato até podem ser cortados, mas devido ao derretimento excessivo, ficam com as bordas grosseiras – e chegam em alguns casos a derreter tanto que “grudam”de novo do outro lado, fechando o corte assim que o laser passa do local.

Em casos assim, o mais importante é fazer testes para descobrir as possibilidades para aquele material. 

Área útil de trabalho

As máquinas comportam materiais de até 43x50cm, mas são capazes de cortar área com tamanho máximo de 40x40cm. Se sua peça tem dimensões maiores, uma das alternativas é modular o projeto, dividindo-o em peças menores; existem até algumas ferramentas online para facilitar essa divisão. Vamos falar disso em outro post 😉

A espessura máxima recomendada é de 6mm. Alguns materiais como EVA aceitam cortes mais espessos, mas isso exige testes caso a caso.

Corte x marcação x gravação

O corte é quando o feixe a laser é concentrado sobre a peça de forma a fazer uma fina linha, atravessando a peça e separando as partes. Deve ser feito potência suficiente para atravessar a peça. A velocidade depende da potência: quanto mais potente o laser, mais rápido o corte.

A marcação é quanto o feixe é utilizado com uma potência efetiva um pouco menor. Isso pode ser feito de várias formas: reduzindo a potência, aumentando a velocidade, ou então desfocando o laser de forma que ele perca eficiência de corte. O efeito é semelhante à marcação com um pirógrafo e dá um belo efeito sobre materiais como o MDF e acrílico (especialmente se for usado no verso da peça).

Já o processo de gravação permite que você escolha uma imagem digital – uma foto, por exemplo -, que será processada e gravada linha por linha. O processo é chamado de “scan” e permite excelentes resultados se o arquivo for preparado corretamente.

Materiais permitidos

Corte Gravação Marcação
DIVERSOS
Cerâmica Sim Sim
Cortiça Sim Sim Sim
Couro Sim Sim Sim
Espelho Sim Sim
Madeira Sim Sim
Papel branco Sim Sim Sim
Papel colorido Sim Sim Sim
Pedra Sim
Vidro Sim
PLÁSTICOS
Acrílico Sim Sim Sim
Borracha Sim Sim
Espuma (sem PVC) Sim Sim Sim
Poliamida (PA) Sim Sim Sim
Polibutileno tereftalato (PBT) Sim Sim Sim
Policarbonato (PC) Sim Sim Sim
Polietileno (PE) Sim Sim Sim
Poliéster (PES) Sim Sim Sim
Polietileno tereftalato (PET) Sim Sim Sim
Polipropileno (PP) Sim Sim Sim
Poliestireno (PS) Sim Sim Sim
Poliuretano (PUR) Sim Sim Sim
Sulfeto de Polifenileno (PPS) Sim Sim Sim
METAIS
Alumínio Sim, com aditivo em spray Sim, com aditivo em spray
Aço inoxidável Sim, com aditivo em spray Sim, com aditivo em spray
Bronze Sim, com aditivo em spray Sim, com aditivo em spray
Cobre Sim, com aditivo em spray Sim, com aditivo em spray
Cromo Sim, com aditivo em spray Sim, com aditivo em spray
Metal pintado Sim

 

E então? Conseguiu tirar suas dúvidas?  Aproveite para descobrir também como preparar seus arquivos para a máquina de corte a laser, lendo este post.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

By |2018-06-28T16:09:14+00:00junho 21st, 2018|Uncategorized|Comentários desativados em Quais materiais posso usar na máquina de corte a laser?